Cateterismo cardíaco: o que é e como é o procedimento?

O que é um cateter? Como o cateterismo é realizado? É um exame invasivo? Que tipo de riscos estão envolvidos no procedimento? Estas e outras perguntas serão respondidas no texto que segue. Boa leitura!

O cateterismo é um procedimento médico considerado invasivo (ou seja, que invade os tecidos) para diagnóstico de algumas condições cardíacas. O cateter, composto por um tubo longo e flexível, é colocado dentro de um vaso sanguíneo através de uma pequena incisão e guiado até o coração.

Algumas vezes um pigmento especial é colocado no cateter para fazer com que o interior do coração e vasos sanguíneos apareçam no raio-x. O pigmento pode mostrar se placas estreitaram ou bloquearam as artérias coronárias. As placas são feitas de gordura, colesterol, cálcio e outras substâncias encontradas no sangue. Este acúmulo causado pela sedimentação destas substâncias acaba por estreitar o interior das artérias e pode restringir o fluxo de sangue ao coração. Quando isso acontece é chamado de doença da artéria coronária.

Bloqueios nas artérias também podem ser vistos usando ultrasom durante o cateterismo cardíaco. O ultrasom usa ondas sonoras para criar imagens detalhadas dos vasos sanguíneos do coração, desta forma, os médicos podem tomar amostras de sangue e músculo cardíaco durante o cateterismo, assim como realizar pequena cirurgia cardíaca.

Cardiologistas geralmente fazem o cateterismo no hospital com a pessoa acordada durante o procedimento. Há pouca ou nenhuma dor durante o cateterismo, porém a pessoa pode sentir dolorido no vaso sanguíneo onde o médico inseriu o cateter. O cateterismo cardíaco raramente causa complicações sérias. Em geral, dura entre 30 e 60 minutos, conforme o procedimento realizado. Feito na sala de cateterismo, com o paciente acordado (anestesia local), deitado sob um aparelho de raio-X. Só em criança é usado anestesia geral para evitar agitação.

Como se Preparar

Fazer jejum de quatro horas antes do exame.

Em geral, não é necessário suspender os medicamentos em uso.

Procurar repousar antes do exame.

Quem deve passar pelo cateterismo cardíaco

O cateterismo cardíaco é usado para diagnóstico e/ou tratamento de várias condições cardíacas. O médico pode recomendar o cateterismo cardíaco para várias razões diferentes. A razão mais comum é para avaliar dor no peito, a qual pode ser sintoma de doença da artéria coronária e o cateterismo cardíaco pode mostrar se a placa está estreitando ou bloqueando as artérias cardíacas.

É indicado para: • mostrar obstruções das artérias que irrigam a musculatura do coração (coronárias);

• quantificar alterações do funcionamento das válvulas e do músculo cardíacos;

• esclarecer alterações anatômicas não confirmadas por outros exames;

• mostrar em detalhes uma malformação congênita;

• desobstruir artérias e válvulas.

Variações terapêuticas

• Angioplastia: Desobstrução de artéria coronária ou ponte de safena que esteja comprometida por uma placa de gordura ou um coágulo. É feita usando-se um balão que, posicionado e inflado no ponto de estrangulamento, restitui a circulação no vaso.

• Stent coronário: Fixação de uma tela de aço inoxidável na parede interna do vaso desobstruído durante a angioplastia, para impedir novo estrangulamento.

• Valvoplastia: Desobstrução de válvulas cardíacas (pulmonar e mitral) por meio de um ou mais balões infláveis, normalizando a livre circulação do sangue.

Riscos: o maior risco envolvido no cateterismo é o produto de baixa qualidade, aumentando as chances de infecção, dano aos vasos sanguíneos e até instrumentos quebrados dentro dos pacientes.

Certifique-se de que o cateter utilizado é de material confiável, de preferência que tenha na composição de seu material, clorexidina e sulfadiazina de prata, que são antimicrobianos de alta tecnologia que reduzem significativamente os riscos de infecção no paciente.

Fontes: Wikipedia e Arrow International

19 Comments

  1. 8 de março de 2015    

    Good information. Lucky me I recently found your site by chance (stumbleupon).

    I’ve bpok marked it for later!

    Visit my bkog … beste koop stofzuiger

  2. Antônio Carlos miranda Antônio Carlos miranda
    31 de março de 2015    

    Muito boa a explicação me tiro um peso muito grande

  3. rose rose
    9 de abril de 2015    

    meu pai tem sentido verias dores no peito, ate mesmo um começo de infarto, onde foi constatado uma veia entupida e uma ritimia. seria necessario a cirurgia?

  4. 14 de abril de 2015    

    Vou fazer um procedimento desse tipo queriam saber se tem algum risco de vida ?

    • 22 de abril de 2015    

      Estimada Josefa,

      O risco é mínimo. Certifique-se de conversar bastante com seu médico e faça questão de produtos de boa qualidade.

  5. paloma alcantara paloma alcantara
    20 de abril de 2015    

    Olá, gostaria de saber se o exame de Cateterismo tem algum risco ? minha mãe tem 62 anos e tem diabetes, estou muito preocupada.
    Tem algum risco ?

    • 22 de abril de 2015    

      Estimada Paloma,

      Todo procedimento envolve riscos. No caso do cateterismo, caso o cateter seja de boa qualidade (e reconhecida) e a equipe responsável pelo procedimento seguir as diretrizes básicas de higienização, o risco é mínimo.

      Consulte seu médico e pergunte a ele quais os materiais que serão usados.

      Toda sorte para sua mãe.

  6. José Cupertino Vieira José Cupertino Vieira
    7 de maio de 2015    

    Meu irmão com 63 anos de idade,há algum tempo esta com os batimentos do coração acelerado.O cardiologista diagnosticou Aritimia,neste caso será necessário fazer o cateterismo?

  7. luciana luciana
    17 de maio de 2015    

    Tirei toda as minhas dúvida pois minha mãe vai passar por um procedimento desse

  8. Cristina Cristina
    16 de junho de 2015    

    Excelente matéria, informativa e esclarecedora. Minha mãe vai se submeter ao procedimento. Agora que li o texto fiquei mais tranquila.

  9. Anônimo Anônimo
    16 de junho de 2015    

    Meu pai tem chagas no sangue e foi indicado fazer um cateterismo. Ele corre algum risco em fazer o exame?

  10. Anônimo Anônimo
    16 de junho de 2015    

    Meu pai tem chagas no sangue e foi indicado fazer um cateterismo.

  11. Levi Levi
    25 de junho de 2015    

    Durante o cateterismo pode ocorrer o desprendimento de placas das artérias? Caso isso ocorra não se torna um risco para o coração?

  12. Sabrina cristina Sabrina cristina
    9 de julho de 2015    

    Meu filho faz tratamento com clenil pq tem bronquite asmatica tem algum ploblema de fazer o catete

  13. Loni Eichholz Loni Eichholz
    29 de julho de 2015    

    fiz a 25 dias angioplastia sinto cansaço leve aperto no peito um desconforto é normal

  14. 31 de julho de 2015    

    Minha mãe tem 72 anos, coração grande.
    Vai fazer o cateterismo.
    Tem algum risco.

  15. Rocilange Rocilange
    6 de agosto de 2015    

    Minha mae tera que fazer esse procedimento, estou bem preocupada mesmo depois de ler as explicacoes que por sinal e bem esclarecedora. Nao sei exatamente o porque ela fara o procedimento fomos ao medico e nao foi bem explicado, sei que qd ela caminhar ou faz um esforco minimo fica bem canssada, poderiam me explicar um pouco mais a respeito? Desde ja obrigada.

  16. Socorro Rego Socorro Rego
    6 de agosto de 2015    

    Gostaria de saber estou com dor nas pernas e uma delas exitem pequeno relevo na veia como se tivesse entupida sinto dor qdo estou parada. Isso é caso de cateto. ..gostaria de saber.

  17. CACILDA ARAUJO CACILDA ARAUJO
    1 de setembro de 2015    

    O médico diagnosticou uma Isquemia Coronária após um exame de esteira e disse que tenho que fazer um cateterismo. O problema é que eu não sinto nada nem falta de ar, nem cansaço por esforço, é logico que não aquento grandes esforços pois engordei 25 quilos de uns anos para cá. Será possivel haver algum erro devo procurar outro profissional e levar meus exames

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nuvem de Termos:

Facebook DMG